Secretaria da Cultura

go!
Cadastro para Jornalistas
Nome:
Email:
Veículo:
Função:
Endereço:
Cidade: Estado: Cep:
Telefone:
Cadastro para Jornalistas


Solicitação de cadastro enviada com sucesso!
Em breve faremos contato.


Olhares
Considerada um dos principais grupos do gnero no Brasil, a SPCD ter neste ano, alm do indito programa de fidelizao de pblico, a estreia de seis obras; a segunda edio do ateli de Coregrafos Brasileiros iniciativa que incentiva a produo de compositores nacionais -; e uma turn pela Europa, no primeiro semestre, entre outras atividades.

Revista Concerto
maro 2013

Visualizar outros depoimentos  

 
 
Temporada 2015
CORPO NO MUNDO
Em 2015 a São Paulo Companhia de Dança apresentará obras que vão do clássico ao contemporâneo, em séries marcadas pela diversidade e pelo ineditismo. Com cinco diferentes programas, a São Paulo fará quatro estreias e duas remontagens de grandes nomes do universo da dança, além de peças de sucesso que compõem o repertório da companhia.

A ideia que organiza essa temporada parte das influências e dos modos de pensar o mundo em movimento, se deixando permear pelos distintos olhares dos criadores. Embora existam pontos comuns que são da natureza humana em qualquer lugar, a maneira como o corpo se dá para o mundo na Espanha, em alguma medida, é diferente da Índia, da África, do Brasil, ou da Alemanha. E isso é algo que se reconhece de forma mais imediata quando estamos fora da nossa cultura. Não existe um corpo que não seja a expressão da sua cultura e de toda uma história social, que de uma forma ou de outra se traduz em gesto, expressão, movimento.

Há também a cultura da própria Companhia, que ao longo dos anos traz camadas de informações que se somam às experiências vividas de cada um dos artistas, seja da sua própria história, seja do diálogo que estabeleceu com cada criador que esteve ou está por aqui. E as culturas que absorvemos ao viver algum tempo em distintas partes do mundo.

A São Paulo tem circulado por diferentes lugares e muitas pessoas contribuem para o nosso repertório. Neste trânsito de ideias, movimentos e singularidades, construímos nossa identidade.



A brasileira Marcia Haydée criará Dom Quixote, um balé clássico a caráter, inspirado na novela do espanhol Miguel de Cervantes (1547-1616). Marcia é uma estrela da dança brasileira com consagração internacional. Dançou no Balé do Marquês de Cuevas, e no Stuttgart Ballet foi uma das grandes estrelas de John Cranko. Após a morte de Cranko, dirigiu a companhia por vinte anos e atualmente é diretora do Ballet de Santiago, no Chile. O argentino Mauricio Wainrot, diretor do Ballet Contemporáneo del Teatro Saint Martín, fará uma criação especial para a São Paulo. Faremos tambem uma noite especial com três obras, de diferentes fases, da carreira do coreógrafo tcheco Jirí Kylián: estrearemos Indigo Rose (1998) e reapresentaremos Petite Mort (1991) e Sechs Tänze (1986). Kylián é o coreógrafo que marcou a história do Netherlands Dance Theatre, criando obras de alcance internacional, ao dirigir a companhia por 23 anos. Dançaremos Workwithinwork (1998) de William Forsythe, segunda obra desse artista remontada para a Companhia com estreia na Temporada de Assinaturas 2015.



O coreógrafo brasileiro Clébio Oliveira criará para o Ateliê de Coreógrafos Brasileiros 2015. Clébio vive em Berlim desde 2008 onde desenvolve trabalhos de dança contemporânea. A SPCD ainda estreará outra criação de Binho Pacheco, jovem coreógrafo que também foi bailarino da Companhia.

Nos caminhos trilhados pela Companhia e seus artistas convidados – estado de São Paulo, Brasil, Argentina, Chile, Alemanha, Espanha, França, Holanda, Tchecoslováquia - temos um mapa afetivo que marca a trajetória desses criadores que fazem parte da nossa história.

Para fechar o ano a São Paulo oferece um programa especial no Theatro São Pedro, que você pode comprar além da temporada: uma noite de música ao vivo e dança. A orquestra do Theatro São Pedro, regida pelo maestro Luiz Fernando Malheiro, tocará para a Companhia dançar a Suíte de La Sylphide, o Grand Pas de Deux de O Cisne Negro, Le Spectre de La Rose e Petite Mort.



Junte-se à SPCD em mais uma temporada de espetáculos!
 
 
Inês Bogéa
Diretora artística da SPCD
 
 
Blog da SPCD
Sobre dança, comunicação e a
conquista de dois prêmios

No último mês, um grupo de alunas da Faculdade Cásper Líbero recebeu dois prêmios da Associação Brasileira de Relações Públicas a partir de um Projeto de Comunicação Interna realizado para a São Paulo Companhia de Dança. Clique aqui e leia a matéria na íntegra sobre a experiência do grupo em trabalhar com a SPCD. 
 
INSCREVA-SE!
 
Voltado para bailarinos pré-profissionais e profissionais, professores e estudantes de jornalismo e fotografia, o 2° Ateliê Internacional São Paulo Companhia de Dança acontece entre os dias 28 de abril e 2 de maio, no Parque do Engenho Central (Av. Maurice Allan, 454), em Piracicaba (SP). A participação no Ateliê é gratuita mediante inscrição e seleção. 

O Ateliê dá continuidade às atividades de produção, difusão e sustentação da dança cênica e tem o objetivo de promover um estudo teórico-prático de técnicas de dança (clássica e contemporânea) e de métodos necessários à formação do bailarino atualmente, buscando dar acesso a técnicas e práticas corporais com mestres de renome nacional e internacional.

Inscrições e informações aqui
 

 
Cena de GEN, de Cassi Abranches | Foto: Wilian Aguair

SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA | BAURU (SP)
 
A São Paulo Companhia de Dança, sob direção de Inês Bogéa e mantida pelo Governo do Estado de São Paulo, viaja a Bauru para uma temporada de espetáculos e atividades educativas. As apresentações acontecem nos dias 27 e 28 de março (sexta-feira e sábado), às 20h, no Teatro Municipal Celina Lourdes Alves Neves (Av. Nações Unidas, 8-9 – Vila Altinópolis), onde serão dançadas as obras Grand Pas de Deux de Dom Quixote, de Marius Petipa (1818-1910); Mamihlapinatapai, de Jomar Mesquita com colaboração de Rodrigo de Castro; e GEN, de Cassi Abranches. A abertura será feita pela Cia. Estável de Dança de Bauru, dirigida por Sivaldo Camargo, que apresentará a obra Frida, de Arilton Assunção. Os ingressos são gratuitos e podem ser retirados na bilheteria do Teatro 1 hora antes do início do espetáculo.
 
As coreografias serão apresentadas também no Espetáculo Gratuito para Estudantes e Terceira Idade, ação que integra o projeto educativo e de formação de plateia da Companhia, que acontece no dia 27, às 15h, também no Teatro. Além das apresentações, a programação de atividades inclui um Bate-papo com a SPCD com o tema A Escrita da Dança, que acontece no dia 26 (quinta-feira), das 19h30 às 21h, ministrada pela diretora da SPCD, Inês Bogéa; e duas Oficinas de Dança: Técnica de Balé Clássico e Repertório em Movimento, na manhã de sábado, das 10h às 11h30, e das 12h às 13h30, respectivamente.  Todas as atividades são gratuitas.

SERVIÇO
SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA | BAURU 
Grand Pas de Deux de Dom Quixote, de Marius Petipa (1818-1910; Mamihlapinatapai, de Jomar Mesquita com colaboração de Rodrigo de Castro; e GEN, de Cassi Abranches | Abertura: Cia. Estável de Dança de Bauru
Coreografia: Frida, de Arilton Assunção

Dias 27 e 28 de março | sexta-feira e sábado, às 20h
Ingressos gratuitos distribuídos 1 hora antes do início do espetáculo
Local: Teatro Municipal Celina Lourdes Alves Neves
Endereço: Av. Nações Unidas, 8-9 – Vila Altinópolis

ATIVIDADES EDUCATIVAS
Todas as atividades são gratuitas
Inscrições pelo link: http://spcd.com.br/proximas_atividades.php
Informações: educativo@spcd.com.br
 
Bate-papo com a SPCD (Palestra para os Educadores)
A Escrita da Dança | Ministrada por Inês Bogéa
Dia 26 de março | quinta-feira, das 19h30 às 21h

Oficinas de Dança | Ministradas por Milton Coatti
Técnica de Balé Clássico 
Dia 28 de março | sábado, das 10h às 11h30
A partir dos 12 anos

Repertório em Movimento 
Dia 28 de março | sábado, das 12h às 13h30
A partir dos 12 anos

Local: Teatro Municipal Celina Lourdes Alves Neves
Avenida Nações Unidas, 8-9, Vila Altinópolis


 
Cena de The Seasons, de Édouard Lock | Foto: Édouard Lock


PROGRAMA DE ASSINATURAS 2015
 
Em 2015, a São Paulo Companhia de Dança retorna ao Teatro Sérgio Cardoso, onde fixa residência durante duas temporadas: junho e novembro; trazendo novidades divididas em cinco diferentes programas, com quatro estreias e duas remontagens, além das obras que já compõem o diversificado repertório da Companhia. No texto O Corpo no Mundo (ao lado), de Inês Bogéa, você fica por dentro das novidades que a SPCD preparou para este ano. 
 
Para acompanhar de perto todo esse movimento, você pode adquirir uma ASSINATURA DA SPCD. Com este benefício você assiste a todos os programas da Companhia no Teatro Sérgio Cardoso, escolhe o seu assento antecipadamente, agenda uma visita à sede da SPCD para assistir a um ensaio e conhecer o elenco, além de outras regalias compartilhadas apenas com nossos assinantes. Você pode adquirir a assinatura pelo valor de R$100 (pacote completo) no site da Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br/assinaturas/spcd) ou pelo telefone: (11) 3224-1383 (de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h), até o dia 4 de maio de 2015.
 
Confira abaixo os programas da temporada SPCD no Teatro Sérgio Cardoso:
 
JUNHO I Indigo Rose (Estreia) | Petite Mort | Sechs Tänze
4 qui 21h | 5 sex 21h30 | 6 sáb 21h | 7 dom 18h

JUNHO I Mamihlapinatapai | GEN | Mauricio Wainrot (Estreia)
11 qui 21h | 12 sex 21h30 | 13 sáb 21h| 14 dom 18h

JUNHO I La Sylphide
25 qui 21h |26 sex 21h30 | 27 sáb 21h |28 dom 18h

NOVEMBRO | Dom Quixote (Estreia)
12 qui 21h |13 sex 21h30 |14 sáb 21h |15 dom 18h

NOVEMBRO | workwithinwork | Ateliê de Coreógrafos Brasileiros 2015 (Estreia)| Bingo!
26 qui 21h |27 sex 21h30 |28 sáb 21h |29 dom 18h
 
 
 
Caminos 1, de Leon Ferrari | foto Romulo Fialdiniert

MUSEU DANÇANTE
 
De 27 de janeiro a 13 de junho , a São Paulo Companhia de Dança e o Museu de Arte Moderna (MAM), apresentam o Museu Dançante, exposição composta por 38 obras do acervo do museu em diversas técnicas que exploram aspectos da dança e do movimento somada a uma residência da Companhia e a estreia de duas coreografias.
 
Com curadoria de Felipe Chaimovich (MAM) e Inês Bogéa (SPCD), o Museu Dançante expõe na Grande Sala trabalhos relacionados a coreografia, com obras de artistas como Hélio Oiticica, Mira Schendel, Abraham Palatnik, Ascânio MMM e Sérgio Camargo, na qual vc poderá ver trechos de obras assinadas por Clébio Oliveira, bailarino, coreógrafo e professor de dança; e Rafael Gomes, coreógrafo e bailarino da SPCD.

SERVIÇO

MUSEU DANÇANTE | 27 de janeiro a 13 de junho | terça a domingo | Bilheteria até 17h30

Local: MAM - Museu de Arte Moderna de São Paulo
Endereço: Parque Ibirapuera, portão 3 - São Paulo - SP - Brasil
Tel: (11) 5085-1300
Ingresso: R$ 6,00 (gratuito aos domingos)
Classificação Indicativa: Livre

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO:
 
DATA DIA DA SEMANA NÚMERO DE PERFORMANCES HORÁRIOS
22/mar Domingo 1 performance 11h
28/mar Sábado 2 performances 12h30 e 14h30
02/abr Quinta-feira 2 performances 12h30 e 14h30
12/abr Domingo 1 performance 12h30
14/abr Terça-feira 2 performances 12h30 e 14h30
18/abr Sábado 2 performances 12h30 e 14h30
22/abr Quarta-feira 2 performances 12h30 e 14h30
25/abr Sábado 2 performances 12h30 e 14h30
29/abr Quarta-feira 2 performances 12h30 e 14h30
05/mai Terça-feira 2 performances 12h30 e 14h30
10/mai Domingo 1 performance 12h30
13/mai Quarta-feira 2 performances 12h30 e 14h30
30/mai Sábado 2 performances 12h30 e 14h30
06/jun Sábado 2 performances 12h30 e 14h30
13/jun Sábado 1 performance 12h30
Rua Três Rios 363 | 1º andar| Bom Retiro
São Paulo | SP | CEP 01123-001
Tel: +55 11 3224-1380

Website desenvolvido por VAD