go!
Cadastro para Jornalistas
Nome:
Email:
Veículo:
Função:
Endereço:
Cidade: Estado: Cep:
Telefone:
Cadastro para Jornalistas


Solicitação de cadastro enviada com sucesso!
Em breve faremos contato.
Memória | Depoimentos
Hugo Travers
Fotos: Equipe SPCD

Com 15 anos, escutei pelo rádio que o Teatro Colón abria inscrições para bailarino ou para estudar dança. Aí eu viajei para Buenos Aires e me inscrevi. Cheguei em casa superfeliz, contei para minha mãe. E o que aconteceu? Me fecharam no dia da audição. Não me deixaram ir. Eu perdi a audição.
Me lembro de quando a gente chegou a Cuba, o Fidel mandou para todos os homens uma caixa de madeira cheia de charutos, e para as mulheres, uma orquídea. Isso foi quando o balé de Cuba chegou de uma viagem pela America Latina que tinha tido muito sucesso. A gente dançava e ensinava danças latino-americanas para os chineses da Ópera de Pequim, e eles ensinavam pra gente danças chinesas.
Em 1976, a gente foi ver o Oscar (Araiz), em Buenos Aires. Aí Oscar veio com sua equipe e surgiu Maria Maria. A gente estreou em 4 de abril de 1976 no Palácio das Artes com um sucesso que a gente nunca imaginou.
Eu não quero parar de trabalhar. Eu gosto de trabalhar, porque se você trabalha sua mente está sempre se exercitando. Por isso que quero aprender japonês, para que minha cabeça não murche.
Estou orgulhoso de minha vida. Eu falo sempre para os bailarinos: se eu morrer eu ressuscito, escolho uma sapatilha, a malha, o tutu e saio para dançar.
Rua Três Rios 363 | 1º andar| Bom Retiro
São Paulo | SP | CEP 01123-001
Tel: +55 11 3224-1380

Website desenvolvido por VAD