Secretaria da Cultura

go!
Cadastro para Jornalistas
Nome:
Email:
Veículo:
Função:
Endereço:
Cidade: Estado: Cep:
Telefone:
Cadastro para Jornalistas


Solicitação de cadastro enviada com sucesso!
Em breve faremos contato.
Memória | Depoimentos Públicos
Angel Vianna (1928)
Fotos: Emidio Luis
Depoimento público gravado em 22 de junho de 2010, no Teatro Franco Zampari, em São Paulo. Figuras da Dança 2010
Quando você está encontrando essa harmonia corporal, você encontra também a percepção da totalidade do seu corpo. E aí você vai vendo que corpo é esse. Quem sou eu; de onde eu vim; porque que eu vim; pra que eu vim; que queres de mim; e pra onde eu vou e porque eu vou.
Eu sou assim mesmo, não gosto de separar arte.
Com a música eu aprendi a ouvir, com a escultura a tocar e com a dança a mover.
Quando surgiu Carlos Leite, eu já era amiga de Klauss, então nós três combinamos de entrar para o Balé.
Carlos Leite deixou duas coisas muitas fortes para os alunos deles. Amor à sua profissão e conhecimento.
A gente queria descobrir caminhos. Não ficar presos ao balé. Tínhamos que descobrir além daquilo. Primeiro o corpo e depois a parte coreográfica.
A expressão corporal é uma maneira de desenvolver os cinco sentidos, de trabalhar as nossas dificuldades e as nossas tensões, trabalhando com mais eficácia no movimento.
Depois que Rainer e Klauss morreram... Foi um ímpeto. Sabe aquela coisa que te dá? Ou você sucumbe ou você vai em frente.
E cada dia eu invento mais coisa pra trabalhar o corpo realmente. E tem muita coisa. Por que o corpo é fascinante. Quanto mais você conhece, mais profundamente você deseja conhecer.
A gente modificava o passo do movimento clássico para depois descobrir uma maneira mais orgânica de trabalhar o corpo.
Rua Três Rios 363 | 1º andar| Bom Retiro
São Paulo | SP | CEP 01123-001
Tel: +55 11 3224-1380
REALIZAÇÃO:

Website desenvolvido por VAD